Arquivo da categoria: A Alma da Marca

A alma da marca #1

Aqui na Opz oferecemos uma série de serviços pautados no design estratégico, mas não é segredo pra ninguém que a nossa maior paixão é desenvolver marcas. Em 6 anos de Estúdio atingimos já desenvolvemos cerca de 161 marcas com as mais diferentes concepções, sempre adequadas a essência do cliente.

Já explicamos um pouquinho do nosso processo de criação nos posts sobre design thinking e sobre a história da nossa própria marca, então, uma vez por mês, vamos tentar desdobrar a elaboração do conceito de uma marca diferente, nesta série que chamaremos de “A Alma da Marca”.

A primeira da série é parte do projeto de identidade visual que desenvolvemos para a Isa Ramoni, arquiteta da região de Londrina.
Quem curte arquitetura sabe que como em todas as linhas do design, o intercâmbio de artes e referências é essencial, considerando esta premissa, estabelecemos dois valores iniciais.

Arquitetura – Representa o serviço e capacidade da profissional de forma mais literal. Além de profissão, a arquitetura é uma das paixões genuínas da Isa, tendo como representação a paisagem urbana desenhada pelos formatos dos prédios.

Paisagem Urbana

Música – A música vem como a representação de envolvimento, considerando o fator humano da arte, assim como a profissional considerava essencial a valorização das relações pessoais no desenvolvimento de seu trabalho.
Esta é também uma das grandes paixões da Isa, que dedica um tempinho ao canto e ao violão sempre que pode.

A própria cliente indicou uma música que une estas duas artes pelas quais é aficionada, que vocês podem conferir abaixo!

Uma das representações gráficas desta referência são as ondas sonoras, e para conceber a identidade visual da Isa Ramoni, captamos o registro das ondas da música enviada por ela.

Ondas Sonoras

Referências

Piet Mondrian importante pintor holandês fundador do neoplasticismo. No início de sua carreira foi muito influenciado pelo impressionismo e naturalismo, mas em 1913, em visita à Amsterdã, teve um encontro com o cubismo que exerceu forte influência em sua obra. De modo geral, destacou-se com abstração geométrica, principalmente formatos retangulares. Utilizou, em sua arte, principalmente cores primárias (vermelho, azul, branco, preto, amarelo). Mondrian considerava estas como as cores elementares do Universo.

Mondrian - Color

Mondrian – Color

Feito o levantamento de valores e referências, o desafio era cruzar as informações e apresentá-las de forma harmônica.

03

Eis o resultado!

 

04

05

06

E aí, o que acharam? Aguardamos o feedback de vocês, e até o próximo Alma da Marca!

Publicado em A Alma da Marca, Identidade corporativa, Identidade Visual, Notícias do estúdio | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Marca é história!

Em publicações passadas contamos um pouquinho da nossa trajetória, e quem nos acompanhou durante estes 5 anos sabe que uma das coisas que mais gostamos de fazer é desenvolver marcas. Este post em especial, é para falar sobre o que representa a nossa!

A assinatura foi desenvolvida logo que abrimos o escritório, contudo, em 2012, após 3 anos de trabalho, decidimos atualizá-la (já vimos no blog a importância do redesign).

A bicicleta penny farthing ilustrada é símbolo da era vitoriana, período da história inglesa caracterizado por ascensão econômica e industrial, situação que propiciou amplo espaço à criatividade em diversos segmentos de produção. Sendo criatividade a força motriz do trabalho que desenvolvemos (guiada, é claro, por valores e estratégia), escolhemos a penny farthing e seu condutor para representar graficamente o estúdio.

Penny-farthing-Race-013

Foto: Matthew Glynn

Dentre essas influências, há ainda, a ligação com o steampunk, outra forte alusão à inventividade, com adicional de futurismo e tecnologia. O steampunk contextualiza um momento ficcionário híbrido, entre a era vitoriana e o futuro sob a ótica punk. Elementos característicos são os grandes zepelins e engrenagens, que fazem conexão com a tecnologia à vapor (steam). Os trajes vitorianos também são apresentados com esta estética.

043_realsize (1)

Ilustração: Des Hanley

Outra referência da era vitoriana é a fonte utilizada, que pode ser observada em cartazes, rótulos e outras mídias no período.

Os primeiros anúncios da Coca-Cola, lançada no final do século XIX, acompanhavam claramente a tendência.

coca-cola-old-advertising

Veja o resultado final!

logo_opz

Publicado em A Alma da Marca, Design estratégico, Identidade corporativa, Identidade Visual, Notícias do estúdio | Com a tag , , , , , , ,